CEFET-MG

27ª META – Mostra Específica de Trabalhos e Aplicação

Estão abertas as inscrições para a 27ª META – Mostra Específica de Trabalhos e Aplicação. Confiram as datas e o edital! Informações completas em http://www.meta.cefetmg.br/apresentacao/

 

Inscrição de trabalhos para a 27ª META já pode ser feita na página do evento

11/07/2017

Secretaria de Comunicação Social/CEFET-MG

O evento completa 39 anos em 2017 e será realizado nos dez campi do CEFET-MG; inscrição termina em 13 de agosto

Está aberta a inscrição de trabalhos para exposição na 27ª Mostra Específica de Trabalhos e Aplicações (META) do CEFET-MG. A inscrição deve ser realizada exclusivamente pelo professor orientador no site da META (www.meta.cefetmg.br), por meio do preenchimento de formulário on-line. Cada aluno poderá ser inscrito em apenas um trabalho. Leia o Edital 72/2017 e saiba quais os detalhes para se inscrever.

Este ano, a META será realizada de 18 a 22 de setembro nos campi Araxá, Contagem, Curvelo, Divinópolis, Leopoldina, Nepomuceno, Timóteo e Varginha. Em Belo Horizonte, o evento será realizado juntamente com a 13ª Semana de Ciência e Tecnologia, de 23 a 28 de outubro.

Poderão participar da META-2017 alunos e ex-alunos dos cursos técnicos de nível médio, de graduação e de pós-graduação do CEFET-MG; alunos de outras instituições de ensino vinculados a programas de ensino, pesquisa e extensão do CEFET-MG; alunos de outras instituições federais de ensino tecnológico; servidores docentes e técnicos administrativos do CEFET-MG.

Sobre a META

Realizada desde 1978, a Mostra Específica de Trabalhos e Aplicação (META) busca promover o intercâmbio técnico, científico e cultural entre alunos, professores e técnicos administrativos do CEFET-MG; incentivar o desenvolvimento de trabalhos de iniciação científica e tecnológica relacionados às atividades de ensino, pesquisa e extensão; fomentar a participação de alunos nos laboratórios; e incentivar a exposição de trabalhos na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace) e outras feiras científicas e tecnológicas.

A maioria dos trabalhos tem caráter prático e aplicado, visando atender as demandas sociais, como alternativas de mobilidade urbana, novas fontes de energia, recursos para promoção da vida independente e inclusão das pessoas com deficiência, meios de fomentar iniciativas sustentáveis etc.